• Verde em Casa

Dicas Infalíveis Para Cultivar Beterrabas Super Saborosas

Eu preparei alguns sacadas super especiais para você cultivar beterrabas mega saborosas, nutritivas, crocantes e ainda livres de agrotóxicos. É só continuar lendo para aprender tudo.



A beterraba é um tubérculo com sabor levemente adocicado, com várias propriedades nutritivas e medicinais. Rica em vitaminas A, complexo B e vitamina C, e minerais, como ferro, fósforo, magnésio, potássio e zinco, se faz essencial para uma boa alimentação. Também possui ação antioxidante, anti-inflamatória, diurética, digestiva, e muitas outras. A sua coloração vermelha clássica vem das betalaínas, combinação de pigmentos que impedem a formação de radicais livres cancerígenos.


Sua folhagem verde brilhante com veios e caules vermelhos, além de deixar sua horta muito mais bonita e colorida, posteriormente também pode ser consumida. Além de ser muito saborosa, a beterraba pode ser consumida de diversas formas, mas a melhor forma é consumi-la crua pois a betalaína é extremamente sensível ao calor e perde suas propriedades quando exposta a temperaturas extremas. Para consumir crua você pode apenas ralar a beterraba para colocar em suas saladas ou fazer sucos naturais (uma combinação que gosto muito é suco de beterraba com laranja). Mas ainda assim, se você quiser, pode consumi-la cozida ou, até mesmo, fazer chips de beterraba.


Hoje, embora o cultivo de beterrabas esteja adaptado a diversas condições climáticas, a produtividade é reduzida em até 50% quando cultivada em épocas mais quentes. Essa hortaliça se desenvolve melhor quando os dias estiverem amenos, com temperaturas entre 15° e 22°C, e as noites mais frias, com temperaturas entre 10° a 15°C.



Mergulhe em nosso guia de cultivo de beterrabas para obter todas as informações sobre como plantar, cultivar e colher esta belezura!



1. Preparando o local de cultivo:


O solo precisa estar ligeiramente ácido, idealmente rico em nutrientes e matéria orgânica, com níveis de pH variando entre 6 e 7,5. A camada de solo deve ser bem drenada e estar sempre úmida, pois essa hortaliça não suporta a falta de umidade no solo. Mas cuidado com o excesso de água, pois pode prejudicar no desenvolvimento da sua plantinha.

As beterrabas, assim como a maioria das hortaliças, não consegue se desenvolver bem se o solo estiver argiloso , rochoso, duro ou alcalino. Antes de fazer o plantio é essencial fazer o preparo de um bom substrato.


Preparação do Substrato:

  • Coloque 4 partes de terra vegetal;

  • 1 parte de areia grossa de construção (responsável pela drenagem do solo);

  • 1 de húmus de minhoca;

  • 2 de esterco de aves ou gado (para adubar);

  • 1/2 parte de farinha de osso (fertilizante orgânico que contém cálcio e fósforo).


Caso você já tenha cultivado beterrabas antes e ao consumir você notou manchas pretas e endurecidas na beterraba, significa que ela sofreu de uma doença apropriadamente chamada coração negro, causada por uma deficiência de boro. Para evitar que isto aconteça, você pode adicionar cinzas de fogão a lenha e/ou lareiras ao solo.



2. Aprenda a fazer o plantio:


A germinação das sementes geralmente ocorre de uma a três semanas, dependendo das suas condições climáticas e qualidade de substrato.

Semeie as sementes com aproximadamente 1 cm de profundidade no solo, preferencialmente direto em local definitivo de cultivo (canteiros ou vasos com pelo menos 30 cm de profundidade), pois as mudas de beterrabas são extremamente sensíveis e podem sofrer danos. Mesmo assim, é possível fazer a semeadura em sementeiras. Porém o transplante das mudas deve ser realizado com muito cuidado quando atingirem aproximadamente 6 centímetros de altura.


As beterrabas não gostam de multidões, então, ao semear as sementes, posteriormente faça os desbastes e utilize para fazer saladas. Outra dica para ajudar no desenvolvimento uniforme das raízes, é espalhar uma camada de aparas de grama, folhas secas ou palha ao redor do canteiro de beterraba, pois isso ajuda a manter a umidade consistente do solo. Certifique-se de cobrir bem na primavera para proteger suas beterrabas de ondas inesperadas de calor.



Está gostando do conteúdo? Vou deixar aqui um tutorial completo em vídeo, onde ensino na prática como cultivar beterrabas. Clique abaixo no vídeo do YouTube para assistir ao tutorial. Assim você vai conseguir acompanhar na prática a como cultivá-los.




3. Cuidados durante o cultivo:


Mantenha a umidade constante do solo com irrigação regular, especialmente em condições de clima mais seco. Regue pelo menos de 5 a 6 vezes por semana, sempre lembrando que o solo deve se manter úmido e não encharcado. Nunca deixe o solo secar. A falta de água fará com que as raízes se tornem atrofiadas, fibrosas e duras perdendo grande parte do seu sabor.


Retire as ervas daninhas que surgirem para evitar a competição por água e nutrientes. A beterraba não apresenta problemas graves de doenças e de pragas.


4. Saiba a hora certa de colher:


O momento ideal para iniciar a colheita varia de acordo com a opção de plantio. No plantio feito diretamente através de mudas, a beterraba pode ser colhida de 70 a 80 dias após o cultivo. Já a colheita do cultivo feito através das sementes, leva em torno de 100 a 120 dias. Quando atingirem de seis a oito centímetros de diâmetro, as raízes estão no ponto de colheita.






Tenho certeza que com essas dicas super detalhadas você não só conseguirá cultivar as beterrabas mais saudáveis e saborosas, mas nunca mais irá perder nenhuma plantinha.



Deixa aqui nos comentários o que você achou do conteúdo e se você gostou das dicas, curta clicando no coraçãozinho abaixo e compartilhe com os seus amigos clicando nos três pontinhos do canto superior direito do artigo!




Beijinhos verdes com muito amor pra você.

Até a próxima.


© 2020, Todos os direitos reservados.