Dicas Infalíveis para Cultivar Rúculas Super Saborosas

Se você seguir essas dicas nunca mais irá precisar comprar rúculas cheias de agrotóxico no supermercado, e ainda terá elas sempre fresquinhas para o consumo.


A rúcula é uma hortaliça que teve origem na região Mediterrânea. Com sabor forte e picante, esse vegetal é muito utilizado para o preparo de diferentes tipos de saladas, podendo ser acompanhada de outras folhas, como por exemplo a alface. Possui diversas fontes de vitaminas, como a A, C e K além de cálcio, ferro, fósforo, magnésio e potássio.


Por conta de seus nutrientes, além de melhorar o sistema imunológico e auxiliar na digestão, ela ajuda no combate de diversas doenças e contribui com a saúde cardíaca. Também possui pouquíssimas calorias (em 100 g contém somente 25 kcal).


Essa hortaliça se desenvolve melhor em climas mais amenos, com temperaturas entre 16° e 20°C. Em temperaturas mais baixas não se desenvolvem muito bem, já em temperaturas muito elevadas, suas folhas tendem a ficar mais amargas e endurecidas.

Para uma colheita contínua, semeie safras de sucessão de rúcula a cada duas ou três semanas. Se as temperaturas no verão não ficarem muito elevadas, continue plantando até cerca de um mês antes da data média da primeira geada. Em regiões de climas mais quentes, onde os invernos têm temperaturas mais amenas, cultive as rúculas no final do outono, para obter colheita no inverno e na primavera.



Confira abaixo todas as técnicas mais eficazes para cultivar as rúculas mais saborosas possíveis!



1. Preparando o local de cultivo:

Para que essa hortaliça tenha um desenvolvimento saudável, o solo deve ser bem drenado, rico em nutrientes e matéria orgânica. E com o pH entre 6 e 7.


Para preparar o substrato e garantir que a sua plantinha tenha um bom desenvolvimento, você pode utilizar 4 partes de terra vegetal, para 1 de areia grossa de construção (que faz a drenagem do solo), 1 de húmus de minhoca, 1 de esterco de aves ou gado (para adubar), e meia parte de farinha de osso (fertilizante orgânico que contém cálcio e fósforo, e evita a acidez do solo).


Como as raízes da rúcula são relativamente rasas, você não precisa de um recipiente muito grande para cultivar a planta, basta apenas ter no mínimo 10 cm de profundidade. No entanto, considere cultivar uma boa quantidade de rúculas, para ter sempre disponíveis em sua horta. Portanto, na hora de escolher um recipiente, escolha com o diâmetro um pouco maior.


No outono e inverno pode ser cultivada a sol pleno o dia inteiro, já no verão, requer um local com sombra parcial nos horários de sol mais intenso.


2. Dicas de como cultivar:

O tempo de germinação das sementes é super rápido, levando em média 4 dias para começar a brotar as primeiras mudinhas.


A rúcula pode ser facilmente semeada através das suas sementes diretamente no local definitivo de plantio, podendo dar início ao cultivo assim que o solo descongelar na primavera. Para isso, escolha o local para fazer o cultivo e semeie sementes com uma profundidade de 0,5 cm, deixando cerca de 2,5 cm de espaçamento entre cada uma. Se preferir, você pode espalhar as sementes e afinar mais tarde, fazendo o desbaste delas. Caso queira, você pode consumir os desbastes adicionando os brotinhos (muito conhecidos como micro verdes ou microgreens) às suas saladas.


Está gostando do conteúdo? Vou deixar aqui um tutorial completo em vídeo, onde ensino na prática como cultivar rúcula. Clique abaixo no vídeo do YouTube para assistir ao tutorial. Assim você vai conseguir acompanhar na prática a como cultivá-los.


3.Cuidados durante o plantio:


Assim como outras hortaliças, a propensão de sol da rúcula é a mesma, tendo preferência pelo sol da manhã e do final da tarde, pois não são tão quentes quanto o sol do meio-dia. Caso ela fique exposta a um sol muito quente, não é há tanto problema pois ela não é tão sensível quanto a alface, por exemplo, o que acontecerá é que o seu sabor ficará um pouco mais forte.


Irrigar com frequência para manter o solo sempre úmido, mas sem deixá-lo encharcado. Também prefira fazer a rega no início da manhã ou mais para o fim de tarde.


As principais pragas que se destacam na cultura da rúcula, são os pulgões, que geralmente podem aparecer 20 dias após a semeadura. Para combatê-los você pode utilizar óleo de neem, normalmente encontrado em floriculturas e supermercados grandes, ou fazer uma receita caseira. Caso prefira fazer a receita para combatê-los, vou deixar aqui o passo a passo de uma que gosto de fazer: Bata em um liquidificador 1 litro de água com 5 dentes de alho com casca, em seguida coe e acrescente 1 colher (sopa) de álcool, 1 colher (sopa) de óleo de soja e 1 colher (sopa) de detergente, deixe descansar por 3 dias e já poderá utilizar. Você pode armazenar em uma garrafa pet e deixar na geladeira por até 30 dias, assim sempre que for utilizar basta somente transferir para um borrifador. O ideal na hora que for utilizar é borrifar a mistura nas suas plantas somente no final da tarde, após o sol ter se pondo.


4.Enfim chegou a colheita:

Sua rúcula deve estar totalmente crescida e pronta para a colheita em cerca de 25 a 40 dias após o plantio, dependendo das condições de plantio e clima da sua região. Quanto mais novas as folhas, mais tenras e doces elas serão, então não espere muito para começar a colhê-las. Quanto mais você espere, mais amargas elas acabam ficando.

Quando as rúculas estiverem com 7 a 10 centímetros de comprimento, você pode arrancar a planta inteira ou ir colhendo somente as folhinhas. Se quiser que as plantas continuem a crescer, você pode colher apenas as folhas, cortando-as ou rasgando-as em direção à base com 3 cm de distância do solo.

Tenho a certeza de que com essas dicas super detalhadas, você não só conseguirá cultivar a quantidade de rúculas que quiser, mas principalmente nunca mais perderá nenhuma plantinha.


Deixa aqui nos comentários o que você achou do conteúdo e se você gostou das dicas, curta clicando no coraçãozinho abaixo e compartilhe com os seus amigos clicando nos três pontinhos do canto superior direito do artigo!



Quer aprender mais sobre como cultivar diversas hortaliças ? Saber quais os benefícios de educar as crianças através do plantio e aprender a fazer uma horta gigante começando do zero, é só acessar os links abaixo para ter acesso a todas essas informações


Saiba Como Cultivar Alfaces Gigantes Super Crocantes e Saborosas em Apenas 6 etapas

7 Benefícios de Educar as Crianças Através do Plantio!

Como o CoronaVírus vai PARALISAR a sua Vida?


Beijinhos verdes com muito amor pra você.

Até a próxima.


2 visualizações

© 2020, Todos os direitos reservados.