Incríveis Dicas para Cultivar Almeirão em Apenas 4 etapas

Quer saber como ter almeirões mais crocantes e saborosos, e o melhor de tudo, livre de agrotóxicos? Siga essas dicas e saberá tudo sobre o cultivo dessa hortaliça.



O almeirão, conhecido também como chicória amarga, é uma planta nativa da Europa, muito cultivada e apreciada em diversos países. Membro da família Asteraceae, da qual as alfaces também fazem parte, o almeirão é uma hortaliça muito nutritiva. Suas folhas são excelentes fontes de vitaminas A, C e do complexo B, além de conterem boas doses de ferro, fósforo e até mesmo cálcio. Com sabor caracteristicamente amargo, o almeirão é muito apreciado em diversos pratos na culinária de diferentes culturas.


Considerada uma planta muito forte e resistente, o almeirão tem como características suas folhas verdes e robustas, caule rígido e ereto com ramificações, raiz longa, e suas inflorescências (parte da planta onde se localizam as flores) são constituídas por flores liguladas que possuem colorações variadas do roxo ao azul.


Assim como a alface, essa hortaliça não se adapta bem à temperaturas extremas. O ideal para que ela tenha um bom desenvolvimento, é que seja cultivada em climas mais amenos com a temperatura entre 12° e 22°C. Mas essa planta tolera tanto temperaturas mais altas, como as mais baixas. Porém em temperaturas acima de 25°C pode ocorrer a diminuição do tamanho das folhas e o florescimento precoce da planta.



Confira abaixo as dicas mais infalíveis de como cultivar almeirão!


1. Prepare o local de cultivo:


Para que essa hortaliça tenha um bom desenvolvimento, o substrato deve ser bem drenado, rico em matéria orgânica e nutrientes. Não há necessidade de uma grande concentração de nitrogênio, mas como toda hortaliça a boa drenagem do solo é essencial. O pH do solo deve estar entre 5,5 e 7.


Para preparar o substrato, você pode utilizar 4 partes de terra vegetal, para 1 de areia grossa de construção (que faz a drenagem do solo), 1 de húmus de minhoca, 1 de esterco de aves ou gado (para adubar), e meia parte de farinha de osso (fertilizante orgânico que contém cálcio e fósforo, e evita a acidez do solo).


Essa hortaliça se desenvolve muito bem sob sol direto, mas também pode ser cultivada a meia sombra. Quando cultivada a sol pleno em altas temperaturas, as suas folhas tendem a ficar muito amargas.



2. Chegou a hora do plantio:


A germinação das suas sementes ocorre normalmente entre 5 e 14 dias após a semeadura, mas pode sempre variar conforme condições de plantio, clima e rega das suas hortaliças.


Você pode fazer a semeadura das sementes em sementeiras e transplantalas assim que as plantas estiverem com 5 ou 6 folhas, ou semear diretamente em um recipiente, com no mínimo 15 cm de profundidade, ou canteiro definitivo. Assim como todas as hortaliças, as sementes devem ser cobertas com uma camada fina de no máximo meio centímetro de substrato, aerada e sem pedaços madeiras ou pedrinhas, pois dificultam o germinar das sementes.


Está gostando do conteúdo? Vou deixar aqui um tutorial completo em vídeo, onde ensino na prática como cultivar almeirão. Clique abaixo no vídeo do YouTube para assistir ao tutorial. Assim você vai conseguir acompanhar na prática a como cultivá-los.



3. Cuidados durante o plantio:


Os almeirões podem ser cultivados a sol pleno ou sombra parcial, desde que haja uma boa luminosidade.


Mantenha a umidade constante do solo com irrigação regular, especialmente em condições de climas mais secos. Regue pelo menos de 4 a 6 vezes por semana, sempre lembrando que o solo deve se manter úmido e não encharcado.


Se surgirem ervas daninhas na volta dos almeirões, retire-as para que elas não roubem os nutrientes do solo.



4. Enfim chegou a hora da colheita:


A colheita ocorre em torno de 100 dias após a semeadura, dependendo das condições de clima e plantio. Assim como a alface, você pode ir fazendo o desbaste das folhas mais antigas para o consumo na hora, assim você terá folhas sempre frescas. Se as folhas forem cortadas a 2,5 cm da base do almeirão, brotaram novamente e novas colheitas serão proporcionadas.




Tenho absoluta certeza que com essas dicas super detalhadas, você não só conseguirá cultivar a quantidade de almeirão que quiser, mas principalmente nunca mais irá perder nenhuma plantinha se seguir essas dicas.



Deixa aqui nos comentários o que você achou do conteúdo e se você gostou das dicas, curta clicando no coraçãozinho abaixo e compartilhe com os seus amigos clicando nos três pontinhos do canto superior direito do artigo!



Beijinhos verdes com muito amor pra você.

Até a próxima.


© 2020, Todos os direitos reservados.