Saiba Como Cultivar Alfaces Gigantes Super Crocantes e Saborosas em Apenas 6 etapas

Se você seguir essas dicas terá as alfaces mais crocantes, saborosas, nutritivas, livre de agrotóxicos e o melhor de tudo, produzidas por você mesmo.



Talvez essa seja a primeira opção para quem quer começar a se aventurar no mundo do cultivo orgânico de hortaliças, provavelmente por ser uma espécie de mais fácil cultivo. Ela pode tranquilamente ser plantada em pequenos espaços, desde que observado a quantidade de sol, obviamente, nutrientes do solo e uma rega adequada. Uma dica para potencializar o desenvolvimento dessa hortaliça é utilizar uma solução na rega feita com a borra de café, pois ela adora nitrogênio e isso fará com que sua alface cresça ainda mais forte e rápido.


A alface é uma cultura que geralmente se adapta melhor em clima frio, com isso ela acaba se tornando melhor cultivada na primavera e no outono. Quando a opção utilizada para cultivo é através das sementes, sabemos que elas germinam em temperaturas tão baixas quanto 4°C, mas sua germinação e temperatura de crescimento ideais estão entre 10° a 24°C. Mudinhas de alface até toleram uma leve geada, porém se estiverem expostas a temperaturas mais severas, elas não conseguirão se adaptar e provavelmente morrerão.

Se você quiser cultivar uma alface excelente, encontre um local que ofereça pelo menos de seis a oito horas de sol direto. Para quem não possui um local assim na sua casa ou apartamento, saiba que é possível sim cultivar alface em sombra parcial, recebendo uma média de três a quatro horas de sol por dia. Depois de escolher o local, prepare o canteiro para o plantio, sempre lembrando da importância de se colocar adubos ou fertilizantes orgânicos para potencializar a sua terra. Se quiser, você também pode usar um fertilizante orgânico de liberação lenta neste momento.

A alface também é uma planta de fácil adaptação a locais de plantio. Ela pode ser cultivada em floreiras, vasos, plantadores de tecido, cestos, garrafas pet ou qualquer recipiente com pelo menos dez a quinze centímetros de profundidade e orifícios de drenagem.



Mergulhe em nosso guia de cultivo de alface para obter informações sobre como plantar, cultivar e colher esta belezura!



1. Preparação do solo:


Na hora de preparar o solo é super importante saber que a alface cresce melhor em solos bem drenados, ricos em matéria orgânica e nutrientes e com o seu pH entre 6 e 7. A adição de materiais orgânicos, como composto ou esterco, aumentará ainda mais os nutrientes disponíveis para a nutrição das suas plantas, fornecerá nutrientes essenciais, isso acarretará em um desenvolvimento mais poderoso é rápido ao cultivo da alface. Se você teve problemas com o crescimento da alface por falta de nutrientes, por exemplo, considere comprar um kit de teste de solo. A alface é sensível a baixo pH. A adição de cálcio pode ajudar a trazer o pH para pelo menos 6, isso você conseguirá através de casca de ovo triturada.


Para preparar o substrato e garantir que a sua plantinha tenha um bom desenvolvimento, você pode utilizar 4 partes de terra vegetal, para 1 de areia grossa de construção (que faz a drenagem do solo), 1 de húmus de minhoca, 1 de esterco de aves ou gado (para adubar), e meia parte de farinha de osso (fertilizante orgânico que contém cálcio e fósforo, e evita a acidez do solo).



2. Tempo de germinação:


Geralmente a germinação da alface ocorre em torno de 7 a 12 dias após a semeadura, variando sempre com as condições climáticas. Em climas mais frios esse tempo pode aumentar até 50%, por exemplo.


Para colocar as suas semente para germinar, priorize um composto bem aerado, ou seja, uma terra bem leve, para que na hora que sua semente eclodir, não tenha nenhum obstáculo maior para sair da terra e começar o seu crescimento natural. Mantendo-a sempre úmida, nunca encharcada e muito menos totalmente seca. Dessa forma, certamente suas sementes se desenvolverão muito bem.



Está gostando do conteúdo? Vou deixar aqui um tutorial completo em vídeo, onde ensino na prática como cultivar alfaces. Clique no link do tutorial do YouTube e aproveita para deixar aberto no seu navegador e assistir depois. Assim você vai conseguir acompanhar na prática a como cultivá-las.




3. Chegou a hora do plantio:


Quando semeada em grande quantidade em sementeiras, deve ser transplantada após um período de 25 a 30 dias, ou semeadas diretamente no vaso ou canteiro definitivos de sua escolha. Porém se você plantar direto no local definitivo, não esqueça de fazer o desbaste, para não prejudicar no desenvolvimento, escolhendo sempre as mudas mais fortes e levando em consideração o espaçamento de uma muda para outra, fazendo com que nenhuma planta roube os nutrientes da outra.


Um lembrete, talvez óbvio mas totalmente essencial é antes de plantar as sementes de alface, selecione um local bem ensolarado e certifique-se de que o solo esteja preparado para receber as mudas.

A alface não compete bem com as ervas daninhas. Então antes de plantar, certifique-se de que o terreno esteja limpo e mantenha assim para que os nutrientes existentes na terra sejam direcionados apenas às suas mudas.

  • As sementes devem ser plantadas com 0,5 cm de profundidade e desbastadas quando as plantas tiverem de 3 a 4 folhas bem desenvolvidas.

  • Cubra as sementes com 0,5 a 1 cm de substrato.

  • Na hora do transplante, as mudas devem ter de 4 a 6 folhas maduras e um sistema radicular bem desenvolvido antes do plantio.

  • Regue abundantemente na altura do transplante.

  • Considere plantar fileiras de cebolinhas ou alho entre a alface para controlar os pulgões. Essas espécies atuam como “plantas de barreira” ou popularmente conhecidas como plantas amigas, pois formam uma proteção natural contra algumas pragas.


4. Cuidados durante o plantio:


A alface geralmente é muito simples e fácil de se cultivar, necessitando de poucos cuidados especiais. O essencial é que ela precisa de umidade constante, mas sem encharcamento. Pois água em excesso prejudica muito no desenvolvimento da sua planta, uma dica muito bacana que serve para todas as hortaliças, é colocar o seu dedo na terra para medir a umidade, dessa forma você não correrá o risco de matar a sua planta afogada ou desidratada.


Preferencialmente, evite deixar as suas mudinhas no sol do meio dia, se elas estiverem muito pequenas, coloque somente no sol da manhã, por ser um sol mais fraco porém rico em nutrientes, fará muito bem nos primeiros dias de desenvolvimento das suas plantinhas.



5. Proteção contra doenças e pragas:


A alface possui alguns inimigos naturais conhecidos por todos os cultivadores, como os pulgões, por exemplo, que podem destruir facilmente um canteiro inteiro de alface. As folhas se curvam e murcham à medida que os nutrientes e a água são sugados pelos bichinhos.


Eles também espalham doenças e criam problemas de mofo nas suas folhas. Você encontrará essas pequenas pragas brancas irritantes se escondendo na parte inferior das folhas de alface, bem em baixo. Utilizam essa estratégia para dificultar serem encontrados. Eles são muito espertinhos. Caracóis, lesmas e lagartas também adoram alface. Os inseticidas são uma opção, mas as armadilhas, a isca orgânica e a colheita manual fornecem soluções orgânicas para essas pragas comuns, não deixando que sua colheita seja te surpreenda negativamente.


Se você notar que sua alface está começando a dourar e a enrolar, ela pode estar sofrendo de um problema fisiológico conhecido popularmente como queimadura. Simplesmente corte a Folha mais dourada e comece um programa de rega consistente.



6. Colheita:


A colheita se dá de 55 a 120 dias a partir da semeadura, dependendo do clima e condições de cultivo. Pode-se fazer a colheita de duas maneiras: fazendo o desbastes das folhas mais antigas e mantendo o pé plantado para a crescimento das folhas mais novas. Algo que talvez você não saiba é que se você optar por cortar a cerca de 2,5cm acima da base do seu pé de alface, as folhinhas crescerão novamente formando uma cabeça um pouco menor do que o pé original, ou seja, você fará uma colheita dobrada com o mesmo pezinho de alface.

Obs: A poda das folhas mais antigas, só pode ser feita em algumas espécies de alface, como a americana, roxa e lisa, por exemplo.


Você não precisa se preocupar em como colher alface, ela é um dos vegetais mais simples de colher. A maior parte da alface pode ser colhida entre 30 a 70 dias após o plantio. Na verdade, o tempo é baseado na preferência individual. Assim que a alface atingir o tamanho desejado, ela estará pronta! Mais uma dica especial, a colheita da alface pela manhã proporciona o melhor sabor na sua planta.



Tenho certeza que com essas dicas super detalhadas, você não só conseguirá cultivar a quantidade de alface que quiser, mas principalmente, nunca mais precisará perder nenhuma plantinha seguindo essas dicas.



Quer aprender mais sobre outros cultivos, saber quais plantas tem o poder de curar seu corpo e sua alma e como rentabilizar apenas plantando em casa, é só acessar os links abaixo para ter acesso a todas essas informações.


Conheça Plantas que Podem Curar seu Corpo e sua Alma


Aprenda Como Ganhar um Salário Apenas Plantando em Casa


Incríveis Dicas para Cultivar Cenouras a Qualquer Época do Ano em Apenas 6 etapas




Beijinhos verdes com muita natureza pra você.

Até a próxima.

© 2020, Todos os direitos reservados.