• Verde em Casa

Saiba tudo sobre Como Cultivar Couve-de-Bruxelas em Apenas 4 etapas

O nome Couve-de-Bruxelas se deu devido a sua cidade de origem, Bruxelas, na Bélgica. É pouco consumida aqui no Brasil, mas além de muito nutritiva a couve de bruxelas é um vegetal super delicioso e surpreende com sua textura e formato peculiares, que lembram pequenos repolhos e por isso, também é conhecida como repolhinho, porém tem o mesmo gênero que a couve.

Essa hortaliça é uma excelente fonte de vitamina C, D e ácido fólico, e também é rica em fibras dietéticas. Além disso, contém na couve-de-bruxelas níveis altos de compostos polifenóis de plantas, conhecidos como glucosinolatos, chamados também de tioglicosídeos, são reconhecidos em diversas plantas de cultivo, responsáveis pelo sabor picante e amargo de algumas hortaliças, e entre elas está a couve-de-bruxelas. A ciência nutricional acredita que esses compostos podem obter um efeito preventivo contra o câncer.


A couve-de-bruxelas é uma planta resistente e que se desenvolve melhor em climas mais frios. É um dos poucos vegetais onde a colheita pode ser realizada de setembro até o início de fevereiro. Pra você ter uma ideia, essa planta suporta temperaturas tão baixas quanto 10°C abaixo de 0°. Se adapta muito bem quando exposta a geadas, mas não suporta temperaturas acima de 24°C, pois o seu desenvolvimento pode ser prejudicado.



Neste guia completo sobre o cultivo de couve de bruxelas, você vai obter todo o conhecimento necessário para cultivar essa delícia dentro de sua própria casa ou quintal!




1. Onde posso cultivar minhas couves de Bruxelas?


A couve-de-bruxelas se desenvolve melhor em solos firmes, nutritivos, bem drenados e rico em matéria orgânica. Essa planta é super sensível a falta de boro no solo. O pH do solo deve estar entre 6 e 6,8.


Para que a sua planta consiga se desenvolver de forma saudável durante o cultivo, o ideal é fazer o preparo do substrato antes de plantar, para isso, você pode utilizar 4 partes de terra vegetal, para 1 parte de areia grossa de construção (responsável pela drenagem do solo), 1 de esterco de aves ou gado, 1 de húmus de minhoca, e meia parte de farinha de osso (fertilizante orgânico que contém cálcio e fósforo, e evita a acidez do solo).


Além de preferir climas mais amenos, a couve-de-bruxelas necessita receber diariamente o mínimo de 6 a 8 horas de luz solar direta. A incidência de luz solar é importantíssima para o melhor desenvolvimento da planta e uma colheita produtiva.



2. Passo a passo para fazer o plantio:


A germinação das sementes normalmente ocorre entre 5 e 10 dias após a semeadura, dependendo das condições climáticas e cuidados que você tiver durante o cultivo.


Para começar o plantio da couve-de-bruxelas a partir de sementes, faça a semeadura em sementeiras colocando três sementes de cada vez com aproximadamente 1 centímetro e meio de profundidade e cubra com uma camada fina de terra.


Posteriormente quando suas mudas estiverem com aproximadamente 15 centímetros de altura, faça o transplante para um canteiro ou vaso com no mínimo 40 de centímetros de profundidade. Firme o solo ao redor das plantas e regue bem.



E ai, está gostando do conteúdo? Vou deixar aqui um tutorial completo em vídeo pra você assistir assim que terminar a sua leitura, onde ensino na prática como cultivar Pepinos. Clique no link do YouTube abaixo e aproveite o conteúdo.



3. Cuidados durante o cultivo:


Faça a rega regularmente para manter a umidade consistente do solo, especialmente em condições de climas mais secos. Irrigue pelo menos de 5 a 7 vezes por semana, sempre lembrando que o solo deve se manter úmido e não encharcado.


Deixe o solo livre de ervas daninhas, para evitar que as raízes das plantas que brotam não danifiquem. Essa planta é muito resistente e se desenvolve bem na maioria dos locais, mas é bom evitar deixá-las expostas em local de muito vento, mas caso isso aconteça utilize estacas para não correr o risco de perdê-las.


As folhas começam a ficar amareladas à medida que as plantas amadurecem. Remova essas folhas à medida que vão murchando, para que a planta consiga focar sua energia no desenvolvimento das couves.



4. Saiba como colher:


A colheita da couve-de-bruxelas geralmente ocorre de 90 a 140 dias após a semeadura, variando conforme as condições de clima e cultivo, podendo ser prolongada durante algumas semanas caso a planta não seja cortada inteira, isto é, se você colher os brotos um a um. Nesta última forma de colheita os brotos devem ser colhidos, conforme vão atingindo o tamanho de 2,5 a 5 cm de diâmetro, sem que estejam abertos ou amarelados, desde a base da planta até o topo. Corte os brotos com uma faca rente ao caule ou torça cada broto até que este se desprenda da planta.




Tenho certeza que com essas dicas super detalhadas, você não só conseguirá cultivar a quantidade de couve de bruxelas que quiser, mas principalmente nunca mais precisará perder nenhuma plantinha seguindo essas dicas.



Quer aprender mais sobre o cultivo de outras hortaliças, para aumentar ainda mais a sua horta e ter muito mais variedades cultivadas por você mesmo, é só acessar os links abaixo para ter acesso a todas essas informações.


Saiba como Cultivar Espinafres Crocantes e Saborosos em Apenas 4 passos


Dicas Infalíveis para Cultivar Salsa em Qualquer Época do ano em Apenas 4 etapas


Incríveis Dicas Para ter Cebolinhas Maiores em Apenas 4 passos





Beijinhos verdes com muita natureza pra você.

Até a próxima.



© 2020, Todos os direitos reservados.